As jornadas

english languageSpanish language

Embora o seu papel se tenha vindo gradualmente a esbater no mundo ocidental, o uso do carvão providencia mais de 30% das necessidades globais primárias em energia, augurando-se-lhe ainda um longo futuro, tendo em consideração as reservas conhecidas e estimadas.

Em todos os lugares onde foi ou continua a ser explorado, deixou profundas marcas no território e memórias fortes, ligadas, por um lado ao progresso industrial e, por outro, à extrema dureza dos trabalhos de lavra, garantidos por sucessivas gerações de mineiros. Esta faceta da indústria extractiva é frequentemente assimilada à miséria social e moral –  estereotipo propalado pelos escritos de Emile Zola, na França da Revolução Industrial –, e a desgraças, impressão consequente com a frequência com que na comunicação social se anunciam desastres em minas onde as mínimas regras de segurança são totalmente ignoradas.

Embora em Portugal não existam grandes jazigos de carvão, as ocorrências conhecidas, há muito encerradas, permitiram o estabelecimento de diversas minas que marcaram de forma indelével a economia regional e nacional, propiciando, a montante e a jusante, o estabelecimento de outras actividades de grande impacto, nomeadamente ao nível das indústrias de base como é o caso dos cimentos, da produção de electricidade e dos transportes.

O património material e imaterial gerado pela extração dos carvões tem vindo a ser objecto de estudo por parte de historiadores e museólogos, cujos trabalhos, cruzados de forma interdisciplinar com outras áreas do saber, como a antropologia, a sociologia, a arquitectura, as engenharias e a geologia, permitem contextualizar, no tempo e no espaço, as memórias da exploração e da exportação dos carvões, e delinear os contornos do seu impacto social, económico e mesmo político.

Pretende-se que este encontro científico constitua uma plataforma de partilha e troca de informação e experiências por parte de investigadores, académicos, técnicos e outros actores sociais envolvidos com as questões do estudo e preservação deste aspeto particular da nossa herança cultural.

Anúncios